02 - Como começar a estudar Programação?

Como começar a estudar Programação?

Muitos estudantes ou até mesmo profissionais que desejam mudar sua área de trabalho tem as mesmas perguntas. Como trabalhar com programação? Quanto é preciso saber programar para trabalhar? É necessária formação para trabalhar na área? Devo começar a estudar programação sozinho ou em cursos? Essas e outras perguntas responderemos hoje e agora.

Onde você quer trabalhar?

O mercado para programadores está em crescente ascensão. Pois tudo em nossa volta tem tecnologia e tudo que tem tecnologia da informação tem programação. Se está em ascensão, é uma área promissora e com muitas vagas. Então, como trabalhar com programação?

Primeiramente tem que ser respondida outra pergunta, que depende muito de você. Onde você quer trabalhar?

Se você deseja trabalhar em grandes empresas de tecnologia recomendamos Java e C#. Essas são linguagens mais sólidas em quesitos empresariais.

Se quer trabalhar em startups, sugerimos as linguagens com maiores crescimentos como o Python.

Se você quer trabalhar em casa a liberdade de escolha é sua.

Estudar Programação: Uma mesa com um notebook, um caderno de anotações, um celular e uma xícara de café.

Certo, mas como trabalhar com programação? O que é preciso saber? Se for em empresas vai depender do que o RH vai requerer de você. E isso pode ser um grande problema.

Realidade na busca por programadores

Muitos profissionais responsáveis por fazer a contratação não entendem de programação e acabam fazendo uma lista quase inalcançável de requisitos para a vaga. A forma mais fácil de explicar isso é com o exemplo de uma vaga.

Programador Júnior: 5 anos de experiência, ensino superior na área, domínio de PHP, Java, JavaScript, Haskell, C, C++, C#, Python, Ruby e Lua.

Dominar é um termo forte pois uma única linguagem necessita de anos de estudo para ser dominada.

Quando alguém exige o domínio de 10 linguagens, fica claro que não é alguém da área que escreveu o anúncio para a vaga.

O maior destaque vai para o fato de que é um programador júnior, ou seja, iniciante. Além de todas as linguagens também é necessário curso superior para a vaga que colocamos de exemplo.

A dica é: não fique abalado com as propostas que encontrar pela frente. Aprenda a lidar com elas da melhor forma.

Por exemplo, caso você identifique na entrevista que determinada linguagem não irá realmente influenciar na vaga, ajude o recrutador a entender o porquê. Além disso, sempre deixe claro quais as linguagens que você realmente entende e não dê informações falsas durante a entrevista.

Vamos agora para as dicas de como trabalhar com programação.

Estudar programação e praticar

O estudo é a forma mais confiável de chegar em um objetivo. Se você tem uma vaga em mente, veja o requisito da vaga e estude cada um dos requisitos, passo a passo, detalhe por detalhe para conseguir a tão desejada vaga.

Se você mesmo assim não conseguir a vaga, fique tranquilo. Afinal, o conhecimento você não perde e isso irá agregar para uma próxima vaga.

Esta é a resposta mais simples, porém certeira, para a pergunta: como trabalhar com programação? Os estudos.

Conhecer o mercado

Existem três nomenclaturas muito usadas nas empresas, que você já deve ter ouvido falar: Júnior, Pleno e Sênior. Apesar de utilizadas, elas não necessariamente servem de parâmetro entre uma empresa e outra.

Isso acontece por que essas nomenclaturas são basicamente uma referência ao salário e a quantidade de requisitos de um cargo. Porém, um cargo Júnior em uma empresa, pode ganhar mais (e até mesmo ter mais requisitos) do que um Pleno em outra empresa.

Uma grande sugestão é pesquisar os locais onde gostaria de trabalhar e checar os requisitos das vagas. Veja quais os que se repetem e invista tempo estudando e aprendendo cada vez mais tais requisitos.

Envie currículos

Não tenha medo de enviar currículos para todas as vagas. Por que? O máximo que pode conseguir é a vaga, o mínimo que pode acontecer é você não ganhar a vaga.  Percebe como você só tem a ganhar?

Não fique receoso de mandar currículos para os lugares dos seus sonhos ou para vagas não tão cobiçadas. A cada tentativa você pode estar mais perto de trabalhar com o que você gosta.

Aprenda trabalhar em equipe

É estranho pois a maioria dos programadores são vistos como nerds que passam o dia todo sozinhos no quarto. Isso não é bem verdade. Todos projetos grandes são feitos por mais de uma pessoa.

O que é muito feito sozinho hoje em dia, são protótipos. E se você tem algum protótipo de sucesso, não vai precisar se candidatar a nenhuma vaga. Então programe junto, ajude um amigo programador em um algoritmo dele.

Organização, projeção e planejamento

Organizar sua rotina, seus estudos e principalmente trabalhos é um dos passos fundamentais para sucesso em qualquer área.

A projeção consiste, basicamente, em estipular objetivos. O planejamento consiste em estipular os prazos e as formas para chegar nos objetivos.

É importante pois, caso você não consiga alcançar seus objetivos será possível que você mesmo analise onde precisa melhorar. Veja onde errou e onde acertou e desta forma permita desenvolver planejamentos cada vez melhores.Cedo ou tarde, esses planejamentos renderão em um excelente resultado.

Desenvolva projetos

Essa é uma das principais dicas pois é a mais trabalhosa. Esta dica exige que você faça aquilo que gosta, programar.

Se você não quer mandar currículos para empresas, essa é a principal forma de como trabalhar com programação. Junte-se aos amigos programadores e os não programadores, converse, tenha ideias e o mais importante as desenvolva.

Não tem ideias? Existem inúmeros projetos livres que você pode fazer parte e o único requisito que pedem, em grande parte das vezes, é o compromisso. Este compromisso pode ser traduzido aqui como, vontade de aprender.

Além de estar melhorando seus conhecimentos como programador, você estará trabalhando com outras pessoas. Isso é gratificante tanto pessoalmente, quanto profissionalmente. Pois isso ajudará a expandir o número de programadores que você conhece e assim aumentar suas chances de uma indicação.

Conclusão…

Perceba que estudar programação e trabalhar totalmente sozinho, será realmente mais difícil. Pois para desenvolver o projeto você precisará ter a ideia ou conhecer um grupo desenvolvendo uma ideia. Além disso terá que estudar para desenvolver a ideia e sem contar que tal ideia deverá ser criada a partir de uma necessidade de mercado.

Desta forma, desenvolver projetos integra todas as outras dicas anteriores.

Gostou de algumas dicas de como trabalhar com programação? Ficou alguma dúvida? Tem algum comentário? Gostaria de fazer alguma pergunta?

Estamos sempre tentando ajudar você, fornecendo dicas de possíveis caminhos que você possa seguir para ser um ótimo programador e excelente profissional.

Nosso objetivo é fornecer dicas para construir um mundo mais empático, compreensivo, educado e, por consequência, melhor.

Caso você tenha interesse em estudar programação, estes cursos podem te interessar ;D

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.